Anda corrompido
o cheiro,
por aí
alterado.

Anda maltratado o toque
e o beijo
após beijado,
cuspido!

5.12.10

padrinho exemplar

Vamos lá ver se me entendo e se, desta forma, me entendem vocês também:

Eu, ELA, decidi que seria interessante escolher para padrinho do meu filho, alguém que considerou a brincadeira da sua vida, ligar-me às 00:00h,  enquanto o meu filho acantonava com os escuteiros, numa chamada anónima, para simular o rapto do meu menino:

I'VE GOT YOUR SON- dizia a voz.

E eu, como aquela que estava quase a dormir e que não estava a perceber bem o que estava a ouvir, pensando que o meu inglês estavava de mal a pior, e que nunca na vida poderia estar a ouvir um I've got your son, só dizia:

-Hein?!


Mas continuando, para não perder o fio à meada: achei que tal sujeito tinha o perfil ideal para ser padrinho do meu menino!
E achei muito bem. É o sentido de humor (de cocó ralim) que consola. Se não fosse com o meu filho, até era capaz de ter rido mais. A verdade é que levei 5 minutos do telefonema, após a revelação da brincadeira, só a dizer palavrões. Não conseguia dizer muito mais.

5 comentários:

CS disse...

Se não fosse a madrinha a salvar-te... a escolha da madrinha é que é importante, muito. Nisso acertaste em cheio :)

NUNKII disse...

há pesoas que sinceramente...

POPITA disse...

imaginação a dele!!HAHAHAH

L disse...

Eu mudava de padrinho, como se faz nas turmas quando o delegado se prta mal. Muda para o meu e ainda herdas qualquer coisinha... bj

NUNKII disse...

foi tudo inspirado num comentário que L deixou aqui... exijo que as responsabilidades sejam divididas!!!