Anda corrompido
o cheiro,
por aí
alterado.

Anda maltratado o toque
e o beijo
após beijado,
cuspido!

23.11.10

comprar o dia

(ainda a reflecir sobre a greve)

... por outro lado, poder ir ao ginásio de manhã, ir à baixa com o dia claro e com o movimento de que eu gosto, apanhar um solito na cara...
... ou meter em dia a montanha de roupa que tenho para tratar, fazer uma das minhas sopas maravilha, com calma... cozinhar e polir calçada depois...
Sempre posso, tal como o meu marido sugeriu, comprar o dia para fazer o que quero.
Em vez de pensar que vou perder o dinheiro, prefiro considerar que vou comprar este dia para fazer o que eu bem entender.

Sabe bem melhor pensar assim.

1 comentário:

NUNKII disse...

comprar o dia...
fiquei fã da expressão. talvez a cunhe como minha.

basta aceder ao teu blog e apagar este post para eliminar qualquer rasto da uilização da expressão...

yeah... i might just do it.