Anda corrompido
o cheiro,
por aí
alterado.

Anda maltratado o toque
e o beijo
após beijado,
cuspido!

11.1.11

Há quem erga muros à sua volta, tornando-os quase intransponíveis.

Mas há sempre buracos no muro...


2 comentários:

CS disse...

Não enfies o nariz no buraco! Aviso de amiga!

PIIRI disse...

bom ano!