Anda corrompido
o cheiro,
por aí
alterado.

Anda maltratado o toque
e o beijo
após beijado,
cuspido!

7.6.10

Suícidio involuntário

Toda a gente sabe que tenho tenho uma relação estranha com os objectos à minha volta.
Ando sempre cheia de nódoas negras, em especial nas pernas.
Mas hoje superei-me. IA MORRENDO.
Enfiei uma temporada ( uma cabeçada com a têmpora esquerda) no guarda-fato que até me atirei aos gritos para cima da cama.
O maridão, que estava no quintal, veio a correr.
Eu não sabia se havia de chorar ou de rir. Apesar de ter doído imenso (doeu mesmo) eu estava parva comigo por ter feito aquilo.
Expliquei-lhe o que se tinha passado e ele só olhava para mim...
-Eu quando abro um armário, penso logo, se me baixar, que tenho de ter cuidado com a porta, ao me levantar. Não fazes isso? Não pensas nos objectos à tua volta? 
(não havia porta aberta..., serve?)
EU- Oh pá, eu costumava a dar cabeçadas debaixo da escada, mas agora já não dou. Penso primeiro.
Nunca tinha dado uma cabeçada no guarda-fato. Mas agora vou pensar antes.


Estive a meter gelo e está fixe.
Uma pancada nas fontes pode matá!!!

3 comentários:

tomaz disse...

....lágrimas! lágrimas de tanto rir!

tu desculpa, que a bem da verdade ainda te matavas com essa "temporada", mas vi-me ao espelho! tal e qual!

eu acho até que existe uma conspiração de móveis contra mim. acredito que se movem do lugar só para me lixarem!

ai, ai...mas tás melhorzinha?

Kaipiroska disse...

Essa da "temporada" tá de matar!!! Boa gargalhada que me fizeste soltar :D
Desacnsa q não és a única desastrada. Eu é mais cantos de mesas e secretárias. Quase que juro q são elas q se atravessam no meu caminho... hmmmmmm

SP1 disse...

eu gostei da intervenção do maridão. tu não pensas nos objectos que te rodeiam?